Arquivo da categoria ‘Estudo bíblico’

Programação UMP 2º SEMESTRE 2010

09/09/2010

11/set – Toda Igreja – Palestra: A Igreja reformada no século XXI – as 20hs

12/Set – Aniversario IPVM

2/OUT  – Toda igreja – Casamento Desirrê e René – as 19:30hs

16/OU T – Toda Igreja – Palestra Criacionismo – Prof. Adauto Lourenço das 16 as 22hs

23/OUT – UMP – Jantar para SAF + UMP  – as 20hs

31/OUT – Toda Igreja – Aniv. Pastor Alberto – as 21hs

6/NOV – Toda Igreja – Casamento Nancy e Haroldo – as 19:30hs

20/NOV – Pic Nic – Toda Igreja – Cabuçú – as 8 da manhã

21/NOV – Almoço na Igreja – UPA +UMP+UCP+UPH – Após almoço plenária com eleição.

4/DEZ – Intercambio UMP com Igreja Presbiteriana de Itapetininga

18/DEZ – UMP vai a praia – Encerramento – saída da igreja as 5 hs da manhã.

19/DEZ – Toda Igreja – Aniv. Pastor Cicero + Comemoração dia do Pastor – as 19hs

31/DEZ – Toda igreja – Culto de final de ano.

*** Lembrando das reuniões de oração semanais.

Criacionismo na IPVM

08/09/2010

Adauto Lourenço em palestra de Criacionismo na IPVM, em outubro!

Acampamento da Sinodal

24/08/2010

Gente, em novembro temos acampamento de nossa Sinodal. É uma oportunidade muito boa para conhecer gente nova, fazer amizades e estar com o povo de Deus.

Pra quem tiver dúvidas do que é “Sinodal”, fizemos um post tempos atrás que explica um pouco da estrutura da igreja presbiteriana: http://umpvilamaria.wordpress.com/2010/03/23/como-funciona-a-ump/

Reunião de oração HOJE

17/08/2010

Gente, hoje na casa do Nelsinho às 20h será nossa reunião de oração.

TODOS estão convidados!!!

HOJE: reunião de oração e estudo biblico

10/08/2010

Jovens !!

A UMP vem realizando desde a primeira semana de julho um trabalho de reunião de oração e estudo biblico semanal, todos os jovens e adolescentes da igreja estão convidados a participar deste projeto que ja vem sendo uma grande benção na vida da igreja.

As reuniões acontecem em datas alternadas para que possa atingir o maior número de pessoas possivel e ajudar a quem estuda ou faz cursos durante a semana a participar conosco.

A reunião dessa semana sera na quarta feira 11-08 a partir das 20h na casa do Nelsinho (Rua Cecilia Meireles 315)
E na proxima semana sera na terça feira dia 17-08 as 20h tambem na casa do Nelsinho.

Estamos estudando o livro UMA VIDA COM PROPOSITOS do Rick Warren caso queira participar das reuniões ja providencie o livro pois a cada reunião estudamos 1 capitulo do livro.
(uma dica na Av. Guilherme Cotching 900 tem uma livraria chamada Focus que tem esse livro eu paguei R$ 25,00 vale a pena)

Gente, orem por este projeto que Deus colocou em nossos corações compareça e tragam visitantes pois o corpo de Cristo amadurece muito atraves de trabalhos como este.

Qualquer duvida procure algum membro da diretoria (Nelson, Marquinhos, Raquel, Gui Arruda e Diego).

TODOS OS JOVENS E ADOLESCENTES DA IGREJA ESTÃO CONVIDADOS A PARTICIPAR, MESMO QUE NÃO SEJA MEMBRO DA SOCIEDADE INTERNA OU ATE MESMO DA IGREJA, E TRAGA UM VISITANTE.

Diretoria UMP 2010.

Videos do III Simpósio Darwinismo Hoje

22/07/2010

Baixe os vídeos do III Simpósio Darwinismo Hoje, que trata de Design Inteligente, Criacionismo e debates entre vários pontos de vista científico:

http://www.mackenzie.com.br/3_darwinismo_videos.html

Para outros links, veja na página do Tempora-Mores:

http://tempora-mores.blogspot.com/p/links-de-conteudo.html

Reunião de oração nas férias de julho!!

16/07/2010

Toda a mocidade e UPA está convidada, ainda temos duas terças-feiras pela frente!!!

Convite culto contemporâneo

18/06/2010

Convide seus amigos, compareça!!!

Lausanne III – O desafio da Missão Integral hoje e os 150 anos da Missão Presbiteriana no Brasil

02/06/2010

Em 2009, comemorou-se na Igreja Presbiteriana do Rio de Janeiro — chamada pelas suas linhas neoclássicas de “Catedral Presbiteriana” — os 150 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil. Poderia ter sido comemorada a organização da primeira igreja (em 1862), ou a organização do primeiro sínodo (1888), mas em vez disso, a data marca o dia do desembarque do casal de missionários, Helena e Ashbel Simonton, no porto do Rio de Janeiro, no dia 12 de agosto de 1859.

Porque o mais importante na vida da Igreja é sua Missão. Igreja é Missão e por ela se define. Suas atividades todas precisam ser “missionárias” e aí está a primeira palavra a ser vivida.

Ironicamente, no mesmo dia em que o Congresso Nacional rendia-se à Concordata com o Vaticano, reconhecendo privilégios especiais para a Igreja Católica Romana e seus representantes, instituindo o Ensino Religioso Católico nas escolas públicas de todo o Brasil — revogando, na prática, o decreto de 1891 que separou a Igreja do Estado Republicano — neste dia inesquecível, em 12 de agosto de 2009, em um culto protestante, estiveram presentes todas as esferas do Poder Executivo brasileiro: federal, estadual e municipal.

O que disseram e o que significa esta presença?

O Presidente, Luís Inácio da Silva, lembrou o papel educacional da Igreja. O Governador, Sérgio Cabral, rememorou a luta dos protestantes cariocas em defesa da liberdade de culto e de expressão — enfatizando que, no centenário da Igreja, um presidente ameaçado de não tomar posse, Juscelino Kubistchek, participou do mesmo culto, no mesmo lugar. O prefeito, Eduardo Paes, lembrou a atuação da Igreja através dos hospitais, asilos, orfanatos e educandários, destacando sua importância para a cidade.

Não se falava a respeito da “Missão Integral” à época de Simonton. Aliás, nem havia uma Teologia da Missão muito clara. Mas a Igreja já era, em todas as suas ações, essencialmente missionária.

Como bem observa o Pacto de Lausanne, a tentativa de separar a Missão “Espiritual” dos outros aspectos da Missão só empobrece (ou anula) o que a Igreja sempre fez, faz e fará. Muita gente, como Simonton, fazia e faz Missão Integral sem o saber — Ashbel era um jovem, de 26 anos, claramente preocupado com a abolição da escravatura, com as questões sociais e com a educação popular.

Na prática, a teoria é viva

Nossa Igreja brasileira carece de fundamentação teológica para o que faz e, quase sempre, a prática é anterior à teoria em todas as atividades eclesiásticas — desde o culto até a organização das comunidades. Para alguns, isto é um equívoco; para outros, esta falta de teorização é uma virtude.

Se é vício ou virtude, não sei; mas o que sei é que Simonton já escrevia, há 150 anos atrás, sem uma base teórica mais acurada, o retrato de um país que ainda nos envergonha — e um desafio para lá de atual. “O Evangelho dá estímulo a todas as faculdades do homem e o leva a fazer maiores esforços para avantajar-se na senda do progresso. Se assim não suceder entre nós, a culpa será nossa. Se a nova geração não for superior à atual, não teremos cumprido nosso dever”.

Uma Igreja Educadora

Simonton acreditava que o papel da Igreja — em sua Missão — é educar. Projetos de alfabetização, de educação popular e de associação de moradores estavam sempre surgindo de sua atividade, ainda que não houvesse em seus documentos e textos uma “teologia da Educação”.

Sobre a educação, observa o Missionário que “faltam professores e professoras com a prática necessária para desempenharem esta Missão e o governo ainda não admite a instrução livre. Mas é necessário não cedermos a nenhum obstáculo. Embora não seja possível desde já fazer o que se quer, devemos ter sempre em vista como alvo a instrução e a educação da nova geração. Sendo este meio indispensável, temos razão em esperar que Deus nos deparará os meios de atingi-lo”.

Para Simonton, ao lado de cada Igreja deveria haver uma escola, sendo a igreja também educadora das massas. Digno de nota é o registro histórico de que havia uma presença maior de pessoas nas salas de aula do que nos salões de culto. Por vezes, o número de pessoas matriculadas na Escola Bíblica Dominical — o dobro e, às vezes, o triplo — superava em muito o número de adoradores.

Que Igreja somos?

Hoje, temos uma Igreja cuja ênfase é a adoração, em especial música gospel. Temos dificuldade de convocar os crentes para o Estudo Bíblico e não nos impressiona mais ver uma sucessão de escândalos, inclusive o escândalo de perceber que até mesmo a importância da separação entre Igreja e Estado, tão cara aos missionários do século XIX, é tão rara entre os que se misturaram aos colonizadores e adeptos do imperialismo comercial e financeiro.

O Século XX nos lembra que a Teologia da Missão procurou separar claramente os papéis da Igreja e do Estado — em particular diante das políticas públicas e da educação das massas. A Igreja é consciência do Estado e balança da Justiça nas mãos de Deus. Mas, por vezes, ela tem se permitido ser cooptada. Outras vezes tem tentado cooptar o Estado para fins que nunca justificam os meios.

E ainda tem mais

Além destas questões que nos desafiam, há outras. Listo as mais urgentes, para não mencionar tudo. A questão ambiental (mais visível), a questão sensível e violenta das drogas (lícitas e ilícitas), a situação da mulher que tem sempre recebido atenção dos que já atuam em Missão Integral.

Mas, agora, permito-me a apontar as grandes lacunas — que já eram ocultas nos dias de Simonton —, porque há temas mais invisíveis entre os mais invisíveis dos latino-americanos: os idosos, os presos e indígenas.

Por que aqueles que buscam recuperar e salvar a humanidade sempre vão adiante dos centros que refletem sobre o que já foi feito? O Brasil será um país de idosos em breve. Um país idoso e automedicado com ansiolíticos. Que efeitos isto terá em nossa Missão? Temos, atualmente, cerca de 500 mil presos — com um sem número de mortes violentas entre os jovens que já foram ou ainda estão em situação de risco social (entre 18 e 30 anos).

Será que alguém já enxergou estes campos brancos para ceifa?

Por André Mello, pastor da Igreja Presbiteriana de Copacabana, jornalista e antropólogo. 19/3/2010 12:49:05

Quem quiser saber sobre o Pacto de Lausanne, na íntegra, segue o link para o texto:
http://www.usina21.com.br/novo/pagina.asp?id=172

RETACA: prepare-se!!

05/05/2010

Gente, ainda há cerca de 10 vagas e quem já pagou parcialmente precisa quitar o pgto para honrarmos nosso compromisso com o pessoal do Julubi ok?

IMPORTANTE: estes são os livros que vamos ter base para os estudos, caso alguém queira ler/comprar antes:
1 – Conexão: – “O plano de Deus visando a cura emocional” – Larry Crabb
2 – De dentro para fora – Larry Crabb

Sobre nossa ida, conseguimos ONIBUS, portanto, dê seu nome pra gente ok?!
Saída do Onibus – dia 15 da igreja às 7:50AM
                                  e dia 16 do Julubi as 16h! 
                                  (seremos realmente pontuais, não se atrase!!!)

Programação (diferentemente do acampamento, seremos rígidos quanto aos horários devido ao FOCO do Retaca ser voltado a uma reflexão mais profunda e também de termos menos tempo)

15 Maio
Saída:  às 7:30h na Igreja (20 minutos de tolerância)
10:00 – 10:30 – Louvor
10:30 – 11:30 – Pregação
11:30 – 12:00 – Livre
12:00 – 14:00 – Almoço
14:00 – 15:00 – Meditação sobre o que foi estudado
15:00 – 16:00 – Discussão em grupo
16:00 – 17:00 – Período de oração
17:00 – 18:30 – Banho
19:00 – 21:00 – Janta
21:00 – 21:30 – Louvor
22:30 – Vigilia

16 Maio
 10:00 – 11:00 – Café
11:00 – 11:30 – Louvor
11:30 – 12:30 – Palavra
12:30 – 14:00 –  Almoço
14:30 – Encerramento
16:00 (EM PONTO): Saída – vamos voltar direto para o culto da noite.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.